Entradas

Mostrando entradas de abril 15, 2007

34 años

Entro a mi edad adulta
a un tiempo
por mi postergado
Observo mi imagen
en el espejo,
y me parece
menos ajena,
las canas
empiezan a sentirse
casi a gusto.
Aprendo a compartir
mi ignorancia
y mi silencio
A escuchar
mi voz y mis palabras
que buscan lo gradual
y lo profundo,
A caminar,
hacia mi muerte,
con paso lento,
pero seguro.

De Vinicius para mis amigos . . .

Procura-se um(a) amig@

Não precisa ser homem, basta ser humano, basta ter sentimentos, basta ter coração. Precisa saber falar e calar, sobretudo saber ouvir. Tem que gostar de poesia, de madrugada, de pássaro, de sol, da lua, do canto, dos ventos e das canções da brisa. Deve ter amor, um grande amor por alguém, ou então sentir falta de não ter esse amor. Deve amar o próximo e respeitar a dor que os passantes levam consigo. Deve guardar segredo sem se sacrificar.

Não é preciso que seja de primeira mão, nem é imprescindível que seja de segunda mão. Pode já ter sido enganado, pois todos os amigos são enganados. Não é preciso que seja puro, nem que seja todo impuro, mas não deve ser vulgar. Deve ter um ideal e medo de perdê-lo e, no caso de assim não ser, deve sentir o grande vácuo que isso deixa. Tem que ter ressonâncias humanas, seu principal objetivo deve ser o de amigo. Deve sentir pena das pessoa tristes e compreender o imenso vazio dos solitários. Deve gostar de crianças e lastimar as…